Path of Exile: Heist vai ser lançado no dia 18 deste mês com muitas novidades para os fãs deste título.

A convite da produtora tivemos acesso aos novos feitiços, maldições e habilidades, 13 novos personagens não jogáveis e ainda a adição de gemas de uma qualidade alternativa. Chris Wilson, o Managing Director do jogo disse “A ideia inicial era lançar a nova expansão em junho, mas a pandemia do coronavírus causou alguns atrasos no nosso cronograma.”. Mesmo para os jogadores mais novatos vão poder saltar direto para o novo conteúdo, sem precisar fazer grinding, jogando tanto solo como multiplayer com seus amigos.

YouTube video

Na Heist League os jogadores vão poder visitar as áreas  de Rogue Harbour e podem conhecer o grupo de ladrões que vão ajudar a planear um assalto de nome “Heist“. Rogue Harbour é o nome dado a nova cidade e será o principal centro de operações. Nesta cidade vamos poder contratar ladrões que são capazes de arrombar cadeados ou desativar armadilhas, vão ser certamente habilidade muito úteis tendo em conta que serão necessárias para terminar algumas missões.

Em Rogue Harbour vamos ter presentes 13 ladrões (Rogues) diferentes e vai ser necessário assinar contratos com eles. Cada um destes ladrões tem pelo menos uma habilidade principal e umas outras três secundárias, ma teremos de ser inteligentes quando escolhemos quais as habilidades que vão usar em cada uma das missões. Outra particularidade bem interessante é o facto de podermos encontrar novos drops de contratos ou marcadores (a nova moeda de troca em Heists) ao derrotarmos monstros no decorrer de cada nível. Iremos utilizar marcadores para negociar diretamente com os Ladrões (Rogues).

O jogo irá manter as mesmas mecânicas do jogo e o jogador vai poder craftar contratos manualmente e poderá também configurar o nível de dificuldade  e recompensa calibrando o nível dos inimigos. Para começar um assalto, é preciso ir até o Wayfinder no Rogue Harbour, que usará os teus marcadores em troca de equipamentos e transporte até a missão.

Outra das curiosidades interessantes é que se o jogador perder tempo a matar guardas da missão ou a roubar itens complementares o nível de alerta da fase vai subir até chegar ao nível máximo e alertar os outros guardas da presença do jogador na área de jogo. Mas é quando o jogo está no nível máximo que as coisas ficam divertidas, nessa altura teremos um tempo limitado para agarrar o artefacto principal e agarrar também outros itens de missão. Esta mecânica é nova mas parece bem divertida e acho que pode ser um sucesso.

“No pain no gain”, que é o mesmo que dizer que este é um jogo de alto risco mas que poderá trazer uma alta recompensa. O  problema é que se morrermos ou o tempo acabar antes de recuperarmos o artefacto iremos perder todos os itens que conseguimos no assalto e esses itens passam a ser considerados contrabando.

Outra curiosidade é que quando chegamos ao artefacto inicia um sistema de Lockdown, o jogador precisa voltar a correr até ao ponto de fuga, e se o jogador conseguir extrair com sucesso pode falar com Whakano e conseguir muitos marcadores como recompensa.

Os rogues que nos acompanham também podem ser melhorados com itens que vamos obtendo durante os assaltos, eles podem ser equipados manualmente e tornar esses assistentes/bandidos mais silenciosos e mortais.

Quando temos sucesso num assalto poderemos escolher um item especial como recompensa, inclusive itens novos e exclusivos de nome “Replica Unique Itens”. Digamos que são cópias de itens lendários que possuem o mesmo visual, mas com atributos diferentes (váo ser cerca de 100 novos itens desse tipo para serem colecionados). Dentro destes 100 novos itens que vão chegar com a próxima expansão estão incluídos 25 itens  únicos e totalmente inéditos.

Um exemplo que pode ser dado será o de umas botas que têm como habilidade a “Corpse Walk”, digamos que esta habilidade cria um cadáver a cada 0.3 segundos a medida que o jogador se move, uma habilidade muito útil para aqueles que têm uma personagem com habilidades que estão em torno disso como por exemplo a explosão de corpos ou a recuperação de vida quando se encontra perto de cadáveres.

Tem um outro tipo de itens que vais adorar, estou a falar dos “Heist Trinkets”, eles têm o seu próprio espaço e são equipados para melhorar ainda mais as recompensas dos assaltos sem precisares mexer noutras configurações.

A 18 de Setembro chega a nova expansão do jogo com o nome “.Heists” e nessa altura chega também a versão deste jogo para Mac, apesar de este jogo não estar na App Store ele pode ser descarregado pelo website de Path of Exile.