REVIEW – Construction Simulator 3 (Nintendo Switch)

REVIEW – Construction Simulator 3 (Nintendo Switch)

Abril 10, 2019 Não Por Perplera

Parece que hoje em dia não há limites para o gênero de simulação, então por que não haveria de existir um de construção? Bem, a Weltenbauer e Astragon Entertainment trazem-nos o Construction Simulator 3 – Console Edition. Esta edição vem com melhores gráficos, mais veículos, empregos e um grande mundo aberto para criar o seu império de construção. A nossa jornada começa quando assumimos uma empresa de construção falida ao lado de Pete, um construtor veterano, numa cidade alemã fictícia chamada Neustein. A partir daqui, o jogador fará a sua empresa crescer concluindo trabalhos, contratos, expansões e comprando uma variedade de veículos de construção.

Este jogo vem com mais de 50 veículos licenciados de empresas como Caterpillar, JCB e Bobcat. Todos eles têm um papel específico a desempenhar no seu negócio de construção e serão obrigados a concluir determinados contratos. Com mais de 70 missões para mergulhar, o jogador precisará de uma boa variedade desses veículos para realizar as diversas tarefas.

YouTube video

Existe um tutorial muito bom para iniciar o jogo, caso nunca tenha jogado antes. É muito para-arranca, pois o jogador precisa pular entre os menus para mudar o modo do seu veículo ou entre diferentes veículos. As ações são executadas nos controladores analógicos, portanto, empurrar para cima pode levantar o braço do guindaste, enquanto empurrar para a direita pode estender o braço do mesmo. Quando iniciamos o jogo esperam-se algumas frustrações, principalmente para os novatos. No entanto, vale a pena insistir no jogo, ele acaba por se tornar mais fácil à medida que se habitua aos comandos. Algumas horas depois, vai estar a girar o braço do guindaste do caminhão como se fosse o seu trabalho diário.

O simulador de construção faz um bom trabalho ao colocar várias ações num controlador. Existem várias visualizações do menu diferentes que oferecem ações para tarefas específicas. Todos os veículos funcionam com alavancas analógicas quando possuem ferramentas móveis, como guindastes ou pás de escavação. Mudar para vistas diferentes ajuda a controlar os trabalhos com mais facilidade, como a vista de construção. Conduzir os veículos também é muito fácil, mas felizmente o jogador tem a opção de viagem rápida que é bastante útil para os mais lentos. A precisão exata também não é propriamente necessária, basta chegar perto o suficiente os itens são usados rapidamente, creio que é uma forma de o jogador não perder facilmente a paciência com o jogo.

Assim que estiver instalado o jogador pode rapidamente começar a escolher trabalhos, simples, do estilo pick and drop, até consertar as estradas da cidade. Felizmente, os veículos com os quais o jogador inicia oferecem uma base sólida para começar a concluir algumas tarefas simples. A partir daqui, pode começar a recolher fundos para expandir o seu parque de viaturas e assumir novos trabalhos. Se o jogador quiser tentar trabalhos maiores com mais rapidez, também poderá alugar veículos.

Os trabalhos são divididos em estágios, cada um exigindo um determinado veículo para concluí-lo. Pode ver tudo o que precisa antes de aceitar um trabalho, para ver o que está em falta. Existem trabalhos mais longos, considerados mais missões de campanha para desenvolver o seu negócio, ou trabalhos rápidos para arrecadar fundos. Também podem expandir sua base doméstica com novos edifícios, como uma oficina ou posto de gasolina, que oferecem bônus.

No entanto, existem algumas frustrações com o jogo que poderiam ser resolvidas facilmente como por exemplo o posicionamento da câmera. Infelizmente temos de mudar constantemente de posição de câmera pois a mesma não ajuda nada e temos sempre posições de câmara ingratas. Mesmo depois de encontrar o ângulo desejado, o jogo pode decidir que não deseja mantê-lo lá por muito tempo.

Os gráficos do jogo não são incríveis, mas os veículos parecem bem decentes. Era o mundo ao redor que parecia um pouco básico. Às vezes, carros e pessoas simplesmente desapareciam ao tentar descer uma estrada. No entanto, eles nunca diminuíram a jogabilidade e os trabalhos podiam facilmente ser concluídos.

Uma trilha sonora maior teria sido bem vinda, na minha opinião as trilhas sonoras estavam sempre longe de atingir o seu objetivo.

Conclusão…

É importante ter em consideração que este jogo tem o preço de 19,99€ e que conta com mais de 50 máquinas para conseguir terminar os mais de 70 trabalhos de construção. Nunca encontrei falhas ou bugs reais que prejudicasse a jogabilidade. Este jogo está cheio de conteúdo e momentos divertidos, se gostas de construções e procuras momentos de relaxamento então este pode ser o jogo certo. Não é um jogo com gráficos de topo mas os gráficos presentes no jogo conseguem cumprir o seu propósito. Creio que é uma versão bem decente do jogo de PC para a consola portátil da Nintendo.

 

Nota 7/10

Positivo
  • Muito conteúdo e uma variedade de máquinas.
  • Visuais decentes e um mapa de mundo aberto.
Negativo
  • Trilhas sonoras fracas.
  • Câmeras do jogo.